O executivo de alto desempenho

executivo de alto desempenho

O sonho de todo profissional é melhorar sua performance e se tornar um executivo de alto desempenho.

Para Luiz Gustavo Mariano, sócio da FLOW, alguns ingredientes são indispensáveis para alcançar o alto desempenho. É necessário muita dedicação, buscar sempre o “algo a mais”, ter ambição e vontade de vencer e superar a si mesmo constantemente.

Segundo Mariano, uma pessoa de alto desempenho é aquela que não se limita a fazer o que é esperado. “É o atleta que chega antes para treinar e fica até mais tarde. O aluno que estuda mais do que o necessário para uma prova. É alguém que trata a alta performance como um estilo de vida e, assim, consegue inspirar pessoas que não têm necessariamente esse perfil”.

O executivo de alto desempenho faz parte da série Desvendando o alto desempenho, que traz o ponto de vista de executivos e especialistas sobre o assunto.

Características indispensáveis para o alto desempenho

Para Fabio Pires, Managing Director da Alvarez & Marsal, um executivo de alto desempenho é aquele que se vê como o dono do negócio. “É alguém que está em busca de crescimento constante, que tem como foco o seu desenvolvimento, se incomoda com ociosidade, quer agregar valor e fazer a diferença na companhia”, completa.

A disposição de ir à frente, à luta e tomar conta das suas responsabilidades são características essenciais para executivos alcançarem a alta performance. É assim que a CEO da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo, Denise Santos, define “protagonismo”, uma qualidade que ela considera deficitária em muitos executivos. 

Denise e Fabio foram entrevistados para a websérie da FLOW Conversa com líderes, que traz entrevistas com executivos sobre carreira, gestão e liderança. 

Além do protagonismo, a CEO trouxe para o centro do debate a expressão accountability, e explicou que para executivos que buscam a alta performance, isso significa ser responsável pela consequência daquilo que se faz, seja ela negativa ou positiva.

Princípio básico: identificar fraquezas e fortalezas

De acordo com Igor Schultz, sócio da FLOW, o princípio básico da performance individual é identificar as fraquezas e as fortalezas de cada um. Desta forma, é possível diagnosticar com precisão o que influencia o desempenho. 

“Se sua fraqueza impacta na sua performance você tem que trabalhar para melhorar esse aspecto. Se você tem uma fortaleza, você deve desenvolver isso ao máximo, porque esse será o seu diferencial e onde você terá mais resultado”, diz. Ele explica que os executivos precisam entender se seu desempenho está acima ou abaixo da média e, assim, investir tempo em seu próprio desenvolvimento. 

“Entender onde você está e o que impacta sua performance é o primeiro passo. Se você não trabalhar em cima disso, não vai melhorar seu desempenho e não vai conseguir mudar de patamar. Tudo começa nesta análise”, analisa Schultz.

É tudo uma questão de treino

O Coach de CEOs e atletas de alto desempenho, Sergio Chaia, explica nesse vídeo,  gravado para websérie Conversa com Líderes, que um atleta de alto desempenho treina em média 95% do seu tempo e compete 5%. Enquanto isso, um executivo treina 0,5% do seu tempo e compete 99,5%.

“Se o executivo quer ser um atleta de alto desempenho do mundo corporativo, a primeira coisa que ele precisa fazer é dedicar tempo para treinar e melhorar para continuar impactando performance” conclui Chaia.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *