Os desafios da área de Gestão de Pessoas em um momento de transformação

Em um cenário de constante transformação, o time de Gestão de Pessoas ganha a função de ser o farol da empresa com base na gestão e contratação correta das pessoas que compõe a máquina corporativa, e que tem como objetivo seguir o planejamento estratégico em busca de uma melhor performance e obtenção de resultados – de acordo com o cenário enfrentado. E, a fim de entender melhor os desafios e oportunidades enfrentados pelos Chief Human Resources Officers (CHRO), a Flow Executive Finders realizou uma pesquisa com clientes e stakeholders que ocupam essa cadeira nas organizações.

Como ponto de partida, questionamos os entrevistados sobre quais são os desafios da empresa que estão conectados à frente de pessoas. Ou seja, em quais assuntos do negócio a área de Gestão de Pessoas está diretamente inserida e causa impacto imediato. Em ordem de importância, as respostas elencadas foram:

1- Capacitação e desenvolvimento de liderança
2- Cultura
3- Retenção de pessoas
4- Atração e seleção de talentos
5- Performance

Como é de se imaginar, todos os assuntos elencados envolvem o tema pessoas com impacto direto na operação, o que envolve a constante adaptação e evolução dos profissionais, sua retenção na organização e o poder da marca como atrativo de candidatos. Agora, dentro desse universo, pedimos que os CHROs elencassem os três temas prioritários na agenda que enfrentam. São eles: (i) Capacitação e desenvolvimento de liderança; (ii) Cultura e (iii) Retenção de pessoas.

Agora com o universo de desafios mapeado, questionamos quais são as maiores dificuldades do executivo e seu time para que os temas sejam tratados com assertividade e celeridade nas organizações. São eles, por ordem de importância:

  1. 1- Falta de priorização da pauta
  2. 2- Imaturidade e despreparo dos times
  3. 3- Falta de mão de obra especializada
  4. 4- Times pequenos e/ou sem perspectiva de expansão


Os pontos citados evidenciam que a área de Gestão de Pessoas ainda batalha pelo seu “lugar ao sol” na priorização das organizações em seu planejamento estratégico, embora atualmente seja um consenso de mercado que bons líderes fazem os negócios prosperarem. A última resposta do questionário evidenciou que a correta composição dos times e da liderança ainda é uma barreira na performance das organizações, visto que 65% afirmaram que consideram que a liderança de suas organizações não está preparada para enfrentar a agenda de suas organizações.

Pessoas são a principal alavanca de valor das organizações, o que torna urgente a priorização da área de Recursos Humanos como protagonista da execução do planejamento estratégico das organizações. Com isso, é necessário que a área possua condições de execução que possibilitem a contratação dos executivos preparados para a agenda vigente, uma vez que serão eles os motores propulsores das mudanças e adequações necessárias para o atingimento das metas.

Blog FLOW

NRF Big Show traz 3 grandes tendências para 2024

Conhecida por ser a maior feira de varejo do mundo, a NRF 2024: Retail’s Big Show foi realizada em janeiro deste ano, em Nova York, com o tema “Make it matter”, trazendo à tona a importância de colocar a experiência do cliente em primeiro lugar. Antes visto como um diferencial, este movimento passa a ser obrigatório para as empresas e marcas que desejam fidelizar seus clientes e buscar a perenidade do negócio. 

Blog FLOW

5 passos para estimular o uso de dados dentro das organizações

Muitas organizações têm investido na captação, mineração e utilização de dados com o objetivo que tomar decisões de negócio mais assertivas e estratégicas. Contudo, neste primeiro momento ainda é comum observar que este movimento acaba sendo limitado a áreas especificas como tecnologia, produtos ou vendas, por exemplo. O que não é o suficiente, visto que em uma visão de longo prazo, é necessário que o uso de dados se torne parte da cultura organizacional.

Blog FLOW

Perspectivas do agronegócio e seus executivos para 2024

Por: Saulo Ferreira, sócio da Flow Executive Finders  

O agronegócio permaneceu como a grande estrela da economia brasileira em 2023, com números que, mês a mês, superaram os apresentados no ano anterior, mesmo com os preços das commodities pressionados ao longo do ano e cotações dos insumos ainda superiores ao período pré-conflito entre Rússia e Ucrânia. Ainda assim, o cenário foi estimulado pela safra recorde de grãos, bem como pelo aumento da produtividade em diferentes culturas. Com base em um desempenho parcial, o PIB do setor pode alcançar R$ 2,62 trilhões em 2023, o que corresponderia a 24,1% do Produto Interno Bruto brasileiro, de acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) da Esalq-USP.

Blog FLOW

10 tendências tecnológicas para 2024

Esperada anualmente por boa parte dos executivos do setor de Tecnologia e Inovação, foi lançada neste mês a carta de inovação elaborada pela futurista Amy Webb. A professora da Universidade de Nova York e fundadora e CEO do Future Today Institute (FTI) explorou, além dos tradicionais temas de tecnologia, tendências sobre ESG e o setor da saúde, que serão impactados pelo avanço da inteligência artificial.  

Blog FLOW

O papel dos líderes na implementação da Inteligência Artificial (IA) nas empresas

O universo da Inteligência Artificial (IA) ainda parece distante para algumas empresas e seus líderes, uma vez que em um primeiro momento pode parecer complexo demais para o cotidiano das operações vigentes, bem como há dúvidas a respeito da segurança de dados. De acordo com a pesquisa AI Readiness Index, apenas 29% das empresas no Brasil se consideram aptas a avançar a aplicação das tecnologias baseadas em IA. E, boa parte desse impedimento, segundo os respondentes, está na falta de mineração dos dados, que acabam fragmentados pelas diversas áreas da organização.

Blog FLOW

Modelo Demand Center como facilitador da execução da estratégia do negócio

Ao longo dos anos, a tecnologia mudou a relação das áreas de Marketing e Vendas com o consumidor, seja ele final ou B2B, estimulada pelo avanço da omnicanalidade que promove uma comunicação fluida em todos os canais disponíveis para interação, ou seja, humanos, digitais ou automatizados (figital). Essa transformação trouxe uma maior atenção ao movimento do consumidor no centro das decisões e estimulou a evolução de áreas tradicionais ligadas ao suporte ao cliente, como o SAC, que passou do conceito “one to all” para o “one to one” trazendo uma maior personalização. 

Blog FLOW

Smart pricing como alavanca comercial

Historicamente, o fator preço foi norte das estratégias comerciais utilizadas pelas empresas ao longo dos anos 90 e 2000. E assim como outros vetores do marketing, essa estratégia evoluiu não sendo mais o fator exclusivo, mas fazendo parte de uma estratégia macro. O omnichannel tornou possível a visualização mais clara de uma precificação inteligente. Como exemplo é possível citar empresas de varejo de moda que oferecem descontos em compras feitas via app frente as realizadas em lojas físicas. 

Blog FLOW

Analytics e seu impacto no sucesso da jornada do cliente

Há muito os dados deixaram de ser um assunto exclusivo da área de tecnologia e passaram a permear todas as frentes de negócio das organizações, seja agindo diretamente no core business do negócio ou permeando a atividade de todas as áreas a fim de proporcionar uma maior organização, assertividade e maior firmeza na tomada de decisões em geral. Contudo, em meio a uma infinidade de dados captados notou-se que deles é preciso extrair inteligência.

Blog FLOW

Inteligência comercial como aliada dos times de Marketing e Vendas

Geralmente, as áreas de Marketing e Vendas são formadas por times distintos nas empresas e a relação entre elas costuma ser desafiadora, uma vez que não basta coexistirem, é necessário somar para agregar valor ao negócio. De forma geral, o time de vendas costuma crer que o Marketing está fora da realidade “da rua” e do cliente. Por sua vez, o time de Marketing defende que o time de vendas não consegue enxergar a visão macro do negócio ou ter uma perspectiva ampla de longo prazo, sendo focada no individual de cada cliente atendido.

Blog FLOW